APADRINHAMENTO EFETIVO

O apadrinhamento afetivo não é adoção. É oportunidade de proporcionar convivência familiar a crianças e adolescentes abrigados que não têm família. Na maioria dos casos, são jovens que por conta da idade terão mais dificuldade de serem adotados ou já estão prestes a completar 18 anos e irão embora dos abrigos. Além do afeto, os padrinhos também oferecem aos jovens orientação sobre o futuro, os estudos e a profissão. Ficou curioso sobre o assunto? Leia a notícia no portal do CNJ sobre alguns casos de apadrinhamento afetivo (http://www.cnj.jus.br/286j) e assista ao vídeo para saber como se tornar madrinha ou padrinho: http://bit.ly/1K6C1Xp. ‪#‎CNJ‬ ‪#‎ApadrinhamentoAfetivo‬

11403051_490625314447918_3935945965726821893_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s